Clique na imagem e baixe gratuitamente o Manual do gestor

Boas práticas para resultados espetaculares

O mercado empresarial tem passado por várias mudanças nas últimas décadas, muitas delas alterando completamente as tendências de consumo e de posicionamento das organizações. A chegada da internet mudou a maneira como fazemos negócios em todo o mundo, derrubou barreiras e está gerando uma quantidade inimaginável de informações dos consumidores.

Todas estas mudanças, constantes e com uma velocidade que muitas vezes é difícil de acompanhar, influenciam diretamente nos resultados das companhias, chegando ao ponto de setores inteiros desaparecerem e outros surgirem, em questão de poucos anos. Mas o que é preciso para as empresas utilizarem estas mudanças dos consumidores como oportunidade e não sofrerem com as possíveis ameaças? O grande ponto é: o alinhamento entre o posicionamento da empresa e o mercado consumidor.

Boas práticas para resultados espetaculares

Para alinharmos a empresa com o mercado alvo é necessário FOCO! Analisar o posicionamento atual da empresa, planejar estrategicamente para onde a empresa deseja ir e identificar as mudanças projetadas para o mercado é essencial. Ou seja, precisamos sempre identificar onde estamos, onde queremos chegar (olhando para as mudanças do mercado) e como vamos chegar lá! Este é o conceito básico de planejamento e que pode ser utilizado tanto nas tarefas mais simples, no dia a dia da organização, quanto nos planejamentos mais complexos, como o estratégico de longo prazo.

Porém, somente planejar de maneira correta, inteligente, eficaz e alinhada com o mercado, não resolve o futuro da organização, é preciso colocar isso em prática, orientar a empresa para resultados e, principalmente, para o caminho definido como o ideal. É neste ponto que entra o papel dos gestores. São eles que dão orientação para, que em um esforço comum e orientado, a empresa chegue no objetivo determinado.

Requisitos básicos para ser um bom gestor

Para ser um bom gestor ou contratar um bom gestor para sua empresa, é necessário um conjunto de três competências básicas: conhecimentos, habilidades e atitudes.

1. Conhecimento – aqui tratamos do conhecimento teórico, que pode ser adquirido em cursos, graduações, pós-graduações, livros…. Este ponto, dos três, costuma ser o primeiro a ser desenvolvido, pois o conhecimento é uma das competências mais simples de atribuir no gestor e de fácil mensuração, como testes e provas aplicadas;

2. Habilidades – é o saber fazer. Aqui tratamos das habilidades desenvolvidas ao decorrer do tempo, onde está completamente correlacionada a prática, o treino, os erros e os acertos. Quanto mais alto o cargo do gestor, menos ele entenderá de processos do dia a dia da companhia (prático) e mais ele aplicará suas habilidades em habilidades mais generalistas (teóricas);

3. Atitudes – aqui tratamos da ação, o querer fazer. Este é o ponto mais difícil de desenvolvimento. Não existe a possibilidade de ser um bom gestor se não conseguimos agir de acordo com o que planejamos. Pensar é muito importante, mas tirar esse pensamento do papel é ainda mais.

Resumindo

Possuir o papel de líder é servir de exemplo para sua equipe. Não é possível ser líder, cobrar uma atitude de sua equipe e não estar alinhado com ela. Se quer uma equipe comprometida, comprometa-se com ela. Se quer uma equipe colaborativa, colabore. Não seja somente um chefe, que ordena e espera. Participe junto com sua equipe, você notará um comprometimento de todos, você realmente verá “seu time vestir sua camisa”.

 

cta-previsa-ebook-fale-com-a-rnc